O que saber antes de comprar um ar-condicionado

Antes de comprar um ar-condicionado, você precisa saber se o modelo escolhido por você pode ser instalado na sua residência. A instalação de um modelo de janela, por exemplo, é bastante simples. Muitas casas já vêm com um espaço para que ele seja instalado, ficando parte dele dentro do ambiente e outra parte, fora.

Já o Split, por exemplo, possui duas partes: um condensadora e uma evaporadora. Dessa forma, se a edificação não possuir um espaço específico para a passagem do tubo de ligação entre ambas as partes, você precisará realizar uma mini obra.

Verifique também se existe a possibilidade de instalar mais um aparelho elétrico junto à sua rede elétrica. Se esse não for o caso, entre em contato com a distribuidora de energia da sua região para buscarem juntos uma possível solução.

Local de instalação

Ar-condicionado na sala
Na hora de instalar, prefira paredes que recebam menos incidência de raios solares

 

Na hora de comprar um ar-condicionado, você precisa definir onde vai instalar o seu aparelho. Para a instalação, pense nos locais que são mais frequentados da sua residência, a fim de otimizar ao máximo o seu uso.

Não adianta muito posicionar a sua máquina na sala de estar se a sua família se reúne nela apenas nos finais de semana, por exemplo. Então, nesse tipo de situação, talvez o melhor local para a instalação do seu ar-condicionado seja no quarto, já que ele proporciona uma noite de sono mais agradável, com uma maravilhosa sensação de bem-estar por conta de seu conforto térmico.

Cuidados com a voltagem da sua casa

Antes de comprar um ar-condicionado, você precisa verificar qual é a voltagem da sua casa. Existem alguns modelos que são de 110v, mas a maioria é de 220v.

Então, se o modelo desejado por você não estiver disponível na voltagem adequada, não é indicado que você faça uso de um transformador, por exemplo, já que ele pode provocar curtos-circuitos e até incêndios. Essa diferença de voltagem pode fazer com que o seu aparelho tenha um funcionamento abaixo do esperado, só ventilando, ou pode, inclusive, danificá-lo permanentemente.

Então, a fim de solucionar esse problema, você deve entrar em contato com a distribuidora de energia elétrica da sua região e solicitar a mudança ou aumento de fase para a sua residência.

Tome cuidado com a estrutura do imóvel

Algumas edificações proíbem que obras sejam feitas, mexendo na fachada do prédio, por exemplo. Então, antes de comprar um ar-condicionado, verifique se existe a possibilidade dessa nova instalação.

Além disso, é fundamental que você não acople sua máquina em uma superfície que contenha instalações elétricas ou tubulações de esgoto e água. Assim, você evita acidentes que podem ser ocasionados por possíveis vazamentos, por exemplo.

Fuja dos obstáculos da boa refrigeração

Alguns objetos de uma boa decoração, como guarda-roupas, painéis, persianas e cortinas, por exemplo, podem dificultar ou impedir a passagem de ar. Com isso, a climatização do ambiente acaba sendo mais lenta. Então, opte sempre por instalar o seu aparelho em locais que estejam livres desses obstáculos.

Evite as paredes que pegam muito sol

Você precisa evitar posicionar o seu ar-condicionado em paredes que pegam muito sol. Isso acontece porque a incidência solar por prejudicar o rendimento do seu aparelho.

Os raios solares acabam aumentando a temperatura do ambiente, fazendo com que a sua máquina precise trabalhar ainda mais para climatizar o recinto como um todo. Então, se existir a possibilidade, opte por paredes que não entrem em contato direto com o sol.

Preço x benefícios

No momento de comprar um ar-condicionado, você precisa levar em consideração não apenas o preço, mas também os seus benefícios. Não é muito indicado optar por um aparelho apenas por ele ser mais barato, se o seu consumo de energia for muito alto, por exemplo. Pois, dessa forma, a médio e longo prazo você terá gastado bem mais com o seu eletrodoméstico.

Pense também nas suas necessidades. Se na sua região a variação térmica é grande, talvez um aparelho de ciclo reverso seja o ideal. Se você pode gastar um pouco mais como intuito de economizar durante o uso do seu ar-condicionado, um Split Inverter pode ser uma ótima opção.

Conclusão

 

Antes de comprar um ar-condicionado, você precisa saber quais são os fatores essenciais para que a sua compra seja a melhor possível. A primeira coisa a ser avaliada é o tipo de modelo que mais se adequa as suas necessidades. Entre os mais comprados para residências estão os de janela, portáteis e Split.

Também existem aqueles que possuem a tecnologia Inverter ou ciclo inverso. Então, basta que você defina do que você precisa. Os outros fatores que precisam ser levados em conta por você na hora de comprar um ar-condicionado, são:

  • Potência ideal;
  • Consumo de energia;
  • Local de instalação;
  • Voltagem da sua casa
  • Estrutura do seu imóvel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *